Negócios Online

Marketing de Afiliados: O Guia Absolutamente Completo

O marketing de afiliados costuma ser o primeiro passo para quem quer receber renda passiva todos os dias. Com ele você vende produtos que não foram produzidos por você.

Assim, você precisa encontrar os compradores certos para os produtos que decidiu divulgar. Além disso, para participar desse novo formato de vendas, basta se associar a um programa que permita esse tipo de transação.

Atualmente, no geral, as pessoas têm estado cada vez mais exigentes com os produtos que adquirem. Por conta disso, é essencial que você conheça bem o que está vendendo, a fim de ser uma ponte entre o consumidor final e o produto em questão.

Independente de você saber algo sobre marketing ou sobre o funcionamento de um programa de afiliados, esse artigo é para você!

Com ele você vai conhecer tudo o que precisa para decolar as suas vendas e fazer disso a sua nova profissão ou trabalho de renda extra.

O que você vai aprender:

  • O que é Marketing de Afiliados?
  • Vantagens de Trabalhar Com Marketing de Afiliados
  • Como Ter Sucesso No Marketing de Afiliados?
  • Tipos de Afiliados
  • Tipos de Divulgação Para Afiliados
  • Como Divulgar Produtos Com o Marketing de Afiliados?
  • Passo a Passo Para Ser Um Afiliado
  • Funil de Vendas Efetivo Para o Marketing de Afiliados
  • Conclusão

Boa leitura!

Confira agora tudo sobre marketing de afiliados:

O que é Marketing de Afiliados?

Marketing de afiliados nada mais é do que a ação de vender um determinado produto e receber uma comissão por isso. Com isso, alguém produz um produto ou oferece um serviço e você realiza a sua divulgação. Assim, a cada venda realizada, você recebe uma porcentagem ou um valor fixo.

Esse tipo de transação é um ótima opção se o seu desejo é trabalhar pela internet. Dessa forma, tudo o que você precisa fazer é se cadastrar em um programa de afiliados e divulgar o seu link exclusivo. Essa divulgação pode ser feita de diversas formas, como através do Facebook, Instagram, Youtube, e-mail marketing ou blogs, por exemplo.

Diferente do que algumas pessoas pensam, esse tipo de transação surgiu com a Amazon na década de 1990. Na ocasião, a empresa de varejo ofereceu esse serviço para todas as pessoas que estivessem interessadas em divulgar os seus produtos.

Assim, tudo o que ela precisou fazer foi cadastrar os interessados e esperar que eles realizassem as vendas. Esse foi um grande responsável pelo crescimento da empresa.

Essa é uma ótima estratégia também para os produtores. Isso acontece porque se houver vendas, eles aumentam a sua margem de lucro. Caso contrário, não perdem nada com isso.

Ou seja, se você é uma pessoa persuasiva e quer aprender como o marketing digital pode aumentar a sua renda, o marketing de afiliados pode ser uma ótima opção.

Vantagens de Trabalhar Com Marketing de Afiliados

Você pode se beneficiar de diversas formas ao trabalhar com marketing de afiliados. Confira as principais delas a seguir:

Liberdade geográfica

Ao trabalhar com um programa de afiliados, você pode estar em qualquer lugar do mundo e mesmo assim realizar as suas vendas.

Basta que você tenha um dispositivo móvel, como um celular, um tablet ou um computador, e acesso à internet.

Você não precisa criar ou manter um site

Você pode sim ter um blog, mas não é um pré-requisito para ser um afiliado. Muitas pessoas conseguem ganhar dinheiro apenas com um perfil em uma rede social ou um canal no Youtube, por exemplo.

Você está livre do custo de produção

Como você não precisa produzir um produto, acaba economizando com o custo de produção. Assim, você tem acesso a um produto pronto, tendo apenas que divulgá-los.

Alguns deles, inclusive, possuem modelos de e-mail e banners para auxiliar na sua divulgação.

Você não precisa se preocupar com o processamento de pedidos

Ao vender como afiliado, você não precisa se preocupar com o processamento das suas vendas. Você só precisa encontrar interessados no produto que está sendo divulgado, com objetivo de alcançar o maior número de pessoas possível.

Em relação ao pagamento, o programa de afiliados escolhido é o responsável por essa ação.

Não precisa manter estoques de produtos

Independente dos produtos vendidos serem digitais ou físicos, você não terá contato direto com eles. Então, não se preocupe, já que o produtor é o responsável pela entrega do que foi vendido.

Não precisa ter uma equipe

Para trabalhar com marketing de afiliados, não existe a necessidade de possuir equipe trabalhando com você. Todas as etapas de vendas podem sim ser feitas com o auxílio de algum colaborador.

No entanto, grande parte dos afiliados começa sozinha e só depois vai expandido as suas operações.

Automatização de várias partes do trabalho

Depois de estabelecer a sua estratégia e ver os primeiros resultados surgindo, fica mais fácil replicá-la. Ou seja, é possível ganhar dinheiro até dormindo!

Além disso, por conta do marketing digital, você pode realizar todas as suas vendas indiretamente. Dessa forma, você pode criar um vídeo no Youtube, um artigo em seu blog ou um anúncio no Instagram, por exemplo, e deixar rolando. Com isso, o seu público pode realizar suas compras a qualquer hora de qualquer lugar.

Como Ter Sucesso No Marketing de Afiliados?

É muito importante que você saiba que apesar dos benefícios, existem alguns pontos que podem funcionar como armadilhas para o seu sucesso no marketing de afiliados.

Pensando nisso, listamos abaixo os pontos que merecem sua atenção, a fim de garantir os seus bons resultados.

Rápido e fácil não significa instantâneo

Vender um produto criado por outra pessoa é uma ação mais rápida do que ter que criar os seus próprios produtos. Porém, não ache que não é necessário ter esforço para ter sucesso.

Então, antes de mais nada, é fundamental que você conheça o produto que pretende vender. Assim, fica muito mais fácil sanar as dúvidas dos seus compradores e realizar um marketing assertivo.

Você também terá que testar até saber exatamente qual é a melhor estratégia de vendas para você.

Ou seja, o sucesso dificilmente virá do dia para a noite. É necessário muito esforço e dedicação, a fim de alcançar os seus objetivos.

Não comece o seu negócio e depois esqueça dele

Se o seu objetivo é ganhar dinheiro na internet no curto, médio e longo prazos, é fundamental que você alimente a sua audiência constantemente.

Assim, mesmo que você automatize diversas tarefas e processos, é fundamental que você também produza bastante conteúdo de qualidade e de forma constante. Com isso, você vai criar um relacionamento com o seu público e ganhar a sua confiança.

Esse é um ponto fundamental, já que se as pessoas não confiarem em você, acabarão não comprando o que você oferece.

Também é importante que você foque no crescimento na sua lista de e-mail, pois ela é muito importante em qualquer estratégia de marketing de afiliado.

Evite escolhas erradas

Pode ser que você se depare com um produto que pareça ser muito bom, só que talvez ele não seja o ideal para a sua audiência.

Independente dele ter muitas vendas ou do seu produtor ser conhecido no mercado, é muito importante que você realize a sua própria análise.

Além disso, não acredite nas promessas de dinheiro rápido de qualquer produto. É interessante também que você conheça o produto a fundo antes de divulgá-lo a fim de não por em risco todo o relacionamento criado com a sua audiência.

Tipos de Afiliados

Existem dois tipos principais de afiliados: autoridade e árbitro. Não existe a melhor ou pior classificação entre ambos. Tudo vai depender do seu estilo e a definição que se encaixa melhor em você.

Confira agora as características de cada um deles:

Afiliado Autoridade

Esse tipo de afiliado está em constante busca de ser uma autoridade. Assim, ele visa a construção de uma audiência, além da realização de recomendações dos melhores produtos para o seu público.

Com isso, um afiliado autoridade costuma montar sua rede de divulgação tendo perfis em redes sociais, um blog, um canal no Youtube e uma lista de e-mail marketing.

Ou seja, basicamente esse perfil de afiliado busca a criação de um contato direto com a sua audiência, a fim de fazer as suas vendas.

Afiliado Árbitro (ou Afiliado Investidor)

O afiliado árbitro ou investidor não aparece para a sua audiência. Então, ele oferece produtos para as pessoas, mas não costuma ser conhecido por elas.

Com isso, basicamente o que ele faz é comprar anúncios para realizar as suas vendas. Assim, ele costuma escolher um determinado produto, cria um anúncio e direciona o público diretamente para a página de vendas do produtos.

Diversas pessoas realizam compras com um afiliado árbitro e não têm nem ideia disso. EM muitos casos, elas acreditam que estão comprando diretamente do produtor.

A grande vantagem desse perfil de afiliado é que você pode realizar a divulgação de qualquer tipo de produto de qualquer nicho. Isso não acontece quando se é um afiliado autoridade.

Dessa forma, o principal objetivo de um afiliado investidor é gerar tráfego. Os principais canais para isso são:

  • Compra de Mídia;
  • YouTube Ads;
  • Facebook Ads;
  • Instagram Ads;
  • Google Adwords;
  • Bing Ads;
  • Native Ads.

Tipos de Divulgação Para Afiliados

Existem vário tipos de divulgação para afiliados. Então, você precisa conhecer todos eles e definir qual se encaixa melhor nos seus objetivos.

O marketing de afiliados focado na conversão não é o mesmo usado por quem quer gerar leads. Assim, a seguir, você conhece as características de cada tipo de divulgação:

Custo por Clique (CPC)

Nesse tipo de divulgação, você ganha um valor por cada clique. Assim, cada vez que a sua publicidade for clicada, podendo ser um pop-up ou um banner, por exemplo, você fatura.

Ou seja, nesse formato a sua remuneração depende apenas do desempenho das suas campanhas.

Custo por Ação (CPA)

Com o custo por ação, você apenas recebe quando o seu público realizar alguma ação na página de destino. Essa ação pode ser a solicitação de um orçamento, a realização de um cadastro ou a efetivação de uma compra, por exemplo.

Nesse formato de marketing de afiliados, além de divulgar algum tipo de publicidade, você precisa influenciar o seu público a confiar em você e realizar determinada ação.

Custo por Mil Impressões (CPM)

O CPM é uma forma de divulgação bastante conhecida. Com ela, o produtor para um valor fixo para você quando a publicidade veiculada por você recebe mil visualizações.

A quantidade de impressões é equivalente ao número de visitas que o seu blog teve. Isso acontece porque se entende que quem navega no seu site, consequentemente, vê a publicidade em questão.

Assim, esse formato de marketing de afiliado é interessante para quem tem um blog com muitos acessos, a fim de ser pago de maneira recorrente.

Custo por Venda (CPV)

Com o custo por venda, você só recebe a sua comissão ao realizar alguma venda através do seu link de afiliado. Então, se você está começando agora, essa pode ser a melhor opção.

Existem várias plataformas que oferecem programas de afiliados e você pode optar por mais de um deles. Dessa forma, você recebe um link exclusivo de identificação. Assim, cada vez que alguém realizar uma compra com esse link, automaticamente você recebe a sua comissão.

Como Divulgar Produtos Com o Marketing de Afiliados?

A divulgação de produtos com o marketing de afiliados pode ser feita de várias maneiras ou com a união de todas elas.

Então, é muito importante que você as conheça e decida qual ou quais são as melhores para você.

Site ou blog

Ter um blog é uma ótima opção para quem quer investir no marketing de afiliados. Isso se dá porque esse é um canal onde você decide o que postar, além de poder estruturar e se relacionar com a sua audiência como bem entender.

Assim, você pode deixá-lo com a cara do seu público, escrever com a linguagem ideal e utilizar quantos caracteres preferir para se comunicar, o que não acontece em redes sociais.

Dessa forma, você pode informar a sua audiência e realizar reviews de produtos, por exemplo. Isso tudo também é muito importante para afirmar a sua autoridade no nicho em questão.

Redes sociais

As redes sociais são ótimas maneiras de divulgar serviços ou produtos. Além disso, com elas, você pode se deparar com expressivos resultados de vendas em um curto espaço de tempo.

As principais redes sociais usadas para esse tipo de divulgação são:

  • Instagram;
  • Facebook;
  • Twitter;
  • Youtube;
  • Pinterest.

Com isso, além de divulgar produtos e serviços, você pode utilizá-las para se tornar conhecido no seu nicho.

E-mail marketing

Ao possuir uma lista de e-mails, você tem a oportunidade de construir e manter um bom relacionamento a longo prazo com a sua audiência. Assim, é possível entregar conteúdos relevantes de maneira constante, levando seu lead a realizar uma compra.

Com uma lista de e-mail, você consegue mostrar ao seu público que você tem a intenção apenas de realizar vendas. Pelo contrário, você mostra que o seu objetivo é gerar valor ao entregar conteúdos com muito conhecimento.

Passo a Passo Para Ser Um Afiliado

Agora que você já sabe o que é o marketing de afiliados e como ele funciona, é importante saber como se tornar um. Para isso, bastar realizar todos os passos a seguir:

1. Escolha um bom Programa de Afiliados

É fundamental que antes de se afiliar a um programa de afiliados, você pesquise sobre a sua idoneidade. Além disso, dependendo da plataforma escolhida, você pode ter mais ou menos lucro com o mesmo produto, por exemplo.

Assim, você precisa realizar o seu cadastro para poder começar a navegar no site da plataforma. Os principais programas de afiliados são:

Hotmart

A Hotmart é um programa de afiliados muito conhecido no Brasil e tem participação do Buscapé. Ele possui vários infoprodutos que você pode promover, a fim de ganhar uma comissão que pode chegar a 80% do valor do produto.

Awin

Nesse programa europeu de afiliados, você pode ganhar comissões de acordo com as suas vendas, além de um bônus por bom desempenho em suas campanhas.

Lomadee

A Lomadee possui duas opções de ganho: o por comissão e o por clique. Assim, você possui ainda mais chances de faturar. O site realiza os pagamentos de maneira mensal por volta do dia 10. Para ter acesso ao valor recebido, você precisa ter uma conta no Bcash.

Uol Afiliados

Com esse programa de afiliados, você consegue se afiliar a diversos produtos da UOL. Uma das áreas que pode oferecer um retorno em um prazo maior é a de cursos.

Amazon Associados

A Amazon tem crescido cada vez mais no mercado brasileiro. Por ser uma empresa já consolidada, ela oferece confiança e credibilidade aos seus compradores. Assim, você pode escolher o produto que quer divulgar e ganhar comissões que chegam até 9%.

2. Escolha os produtos certos para divulgar

Após o cadastro, você precisa escolher os produtos certos para o seu público. Então, se você decidir ser um afiliado autoridade, seja coerente com o nicho escolhido. Assim, se o seu blog for sobre inglês, não faz sentido oferecer um produto sobre emagrecimento.

Também é importante que você tenha conhecimento dos produtos antes de começar a divulgá-los. Para escolher um produto que tenha potencial de se tornar campeão de vendas entre a sua audiência,  pesquise bastante sobre ele. Leia reviews sobre ele, veja qual é a sua pontuação e feedbacks de quem já o adquiriu.

Em alguns casos, também é possível solicitar uma amostra ao produtor.

3. Eduque sua audiência sobre o produto escolhido

Caso a sua meta seja receber uma receita recorrente com o marketing de afiliados, é importante que você eduque o seu público sobre o que você está oferecendo. Assim, ela conseguirá confiar no que você está oferecendo.

Você também pode oferecer outros materiais, como infográficos, ebooks ou uma lista vip em sua newsletter, por exemplo.

Além disso, é interessante realizar webnários para fazer a demonstração de determinado produto. Essa é uma ótima opção de venda, já que possibilita que a sua audiência interaja com você e tire todas as suas dúvidas.

Também é interessante fazer transmissões ao vivo, stories e vídeos rápidos para o Facebook e Instagram.

4. Faça uso de publicidade paga

Mesmo se o seu objetivo for investir em uma estratégia orgânica, é interessante que você também faça uso da publicidade paga.

No entanto, diferente do que algumas pessoas pensam, você precisa investir mais do que dinheiro em suas campanha. É fundamental que você produza uma boa copy e um anúncio claro, a fim de conseguir atrair o maior número de pessoas possível.

5. Tenha um sistema de e-mail marketing

Possuir uma lista de e-mail marketing é uma ótima estratégia para quem trabalha com marketing de afiliados. Isso porque ela é sua, sendo composta por uma audiência qualificada, já que quem se cadastra nela, está interessado no assunto que você aborda.

Então, você precisa criar uma página para capturar o e-mail do seu público. Assim, quem fornecer o endereço eletrônico para você, entrará na sua lista.

Se você não sabe muito sobre isso, existe a possibilidade de baixar um plugin que ajude nessa tarefa. Também é importante que você se cadastre em um sistema de e-mail marketing, a fim de gerenciar e automatizar a sua lista.

Criar uma isca digital é uma excelente forma de pedir o e-mail da sua audiência. Dessa forma, você cria um documento de alto valor e o entrega aos seus inscritos.

6. Gere Tráfego

Gerar tráfego é muito importante para que você consiga ter sucesso com marketing de afiliados. Isso se dá porque se você não tiver tráfego, não realizará vendas.

Existem dois tipos de tráfego: o orgânico e o pago. Você pode utilizar os dois em sua estratégia ou apenas um. Não existe um certo ou errado nessa questão, tudo vai depender dos seus objetivos.

Confira a seguir a diferença entre eles:

Tráfego Orgânico

O tráfego orgânico nada mais é do que obter tráfego gratuito para o seu site.

Você pode conseguir esse resultado através do uso de técnicas de SEO, a fim de posicionar os seus artigos no topo dos mecanismos de busca, ou através do Youtube e de redes sociais.

Tráfego Pago

Ao utilizar o tráfego pago, você precisará desembolsar dinheiro para anunciar os produtos que você quer vender. Assim, você pode direcionar a sua audiência diretamente para a página de vendas ou para a sua página de captura.

Funil de Vendas Efetivo Para o Marketing de Afiliados

Um funil de vendas nada mais é do que o caminho que o seu público desde o momento em que ele descobre o produto que você está anunciando até a realização da compra.

Um funil de vendas para marketing de afiliados possui três etapas que são:

  1. Topo;
  2. Meio;
  3. Fundo.

Então, é fundamental que você as conheça e saiba como conduzir a sua audiência até o momento da venda.

Topo

O topo do funil de vendas se refere ao momento em que alguém não estava procurando o produto que você está anunciando, mas acabou por encontrá-lo. Assim, ao se deparar com o seu conteúdo, ele percebeu que precisava saber mais sobre o assunto.

Por conta disso, essa etapa é conhecida como etapa do aprendizado, da consciência e da descoberta. É nesse momento que as pessoas verão que você é um especialista em determinado assunto, adquirindo a solução que estavam procurando.

Com isso, você deve oferecer materiais que ajudem ainda mais na resolução de determinado problema. Além disso, é nesse momento que você vai colher informações sobre o seu visitante, como seu nome e e-mail.

Meio

Na segunda etapa do funil de vendas para o marketing de afiliados, o seu público vai ter noção do seu problema e começar a perceber que talvez a solução que você oferece seja o que ele precisa.

Então, você precisa oferecer um conteúdo um pouco mais profundo e específico. Deixe claro que tudo o que você quer fazer é ajudá-lo.

Fundo

É no fundo do funil de marketing para afiliados que a sua audiência decidirá pela compra. Até aqui, ela precisa ter recebido todas as informações sobre o seu produto e seus benefícios, a fim de decidir comprar de você.

Isso acontece porque o seu público enxerga que não conseguirá resolver o seu problema sozinho e que você pode ajudá-lo com isso.

Conclusão

O marketing de afiliados pode alavancar os seus ganhos mensais. Dessa forma, ele pode acabar virando uma fonte de renda fixa principal ou complementar ao seu trabalho atual.

Essa facilidade se deve ao fato de ser possível vender um produto ou serviço que outra pessoa idealizou, recebendo uma comissão em cima de cada venda.

É importante que você busque sempre entregar valor à sua audiência, a fim de gerar cada vez mais vendas. Isso é fundamental, não importando o tipo de afiliado que você decidir ser.

Assim, você precisa se inscrever em um programa de afiliados, escolher um produto e começar a divulgá-lo.

Você, já conhecia tudo sobre marketing de afiliados? Nos conte sobre a sua experiência e se você tem alguma dica a oferecer para os outros leitores!

E não esqueça: se ainda ficou com alguma dúvida, basta deixar sua pergunta nos comentários!

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar